terça-feira, 2 de junho de 2015

Distância e chás de camomila

Fala-se tanto dos hiperactivos e tão pouco dos hiperreactivos, essa gente de pavio curto e de mal com o mundo, que à mínima contrariedade arma um escabeche de meia noite e corre tudo à pedrada, à caralhada, ao que estiver mais à mão.

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Infelizmente é o que não falta por aí!

      Eliminar
  2. Tens razão, existem tantos que às vezes é difícil aguentar. Mas concordo plenamente com a tua receita (a do título). Isso e ignorar, costumam ser os melhores remédios.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ignorar é a regra de ouro, mesmo que às vezes não seja fácil!

      Eliminar